MIX BRASIL 728X90 01
CAPA CRHYSTI MASTER FULL 01
PET DB CAPA FULL 01
LINAMEG COMPLETA
Good Pax capa 01
Olhar Especial 01 728
CEP 3

Regiões Norte e Central concentram metade das vendas de imóveis usados em Curitiba

Por Portal Comunica AM em 02/12/2021 às 22:42:57

A retomada econômica, impulsionada pelas altas taxas de vacinação no Brasil e marcada pela reabertura total do comércio, segue trazendo reflexos positivos em toda a economia, inclusive no setor imobiliário da capital. No trimestre que se encerrou em outubro, o índice de Vendas de Usado Sobre Oferta (VUSO) residencial registrou média de 6,7%, 1,9 ponto percentual (p.p.) a mais do que foi verificado no mesmo período do ano passado e 3,8 p.p. acima de 2019.

Os dados são do Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial (Inpespar), pertencente ao Sistema Secovi-PR.

Quando se observa o acumulado do ano, constata-se que o índice de 2021 também é superior a 2020 e 2019. Se o VUSO apurado entre janeiro e outubro deste ano ficou em 5,9%, no mesmo período de 2020 ele foi de 3,4% e no ano anterior, de 2,8%.

Foto: Divulgação/Ademi-PR.

“2021 tem sido um ano excelente para a comercialização de imóveis residenciais usados na capital. Em outubro, o VUSO ficou em 6,6%, um aumento de 0,1 ponto percentual em relação ao mês passado e de 2 p.p. em comparação com outubro de 2020. A retomada econômica, passado o período mais crítico da pandemia de Covid-19, aliada às baixas taxas de juros e alta oferta de crédito, contribui para esse cenário”, comenta Jean Michel Galiano, presidente do Inpespar e vice-presidente de Economia e Estatística do Secovi-PR.

Regiões em alta

Na capital paranaense, as regiões Central e Norte concentram a maioria dos imóveis residenciais vendidos. 24,7% do que foi negociado em outubro se refere a espaços localizados na Regional Matriz, que abrange os bairros do Ahú, Alto da Glória, Alto da Rua XV, Batel, Bigorrilho, Bom Retiro, Cabral, Centro Cívico, Cristo Rei, Hugo Lange, Jardim Botânico, Jardim Social, Juvevê, Mercês, Prado Velho, Rebouças e São Francisco, além do próprio Centro.

O mesmo volume (24,7%) foi comercializado na Regional Boa Vista, com destaque para o bairro de mesmo nome, que concentra 9% de todos os imóveis residenciais vendidos na cidade no mês passado. Fora o Boa Vista, a porção Norte da capital paranaense engloba os bairros do Abranches, Atuba, Bacacheri, Bairro Alto, Barreirinha, Cachoeira, Pilarzinho, Santa Cândida, São Lourenço, Taboão e Tingui.

“De maneira geral, a parte central de Curitiba sempre figura entre os locais com maior número de vendas na cidade, devido a todas as facilidades de se viver no Centro. Ao mesmo tempo, diversos bairros têm crescido em interesse, por proporcionarem um estilo de vida mais tranquilo mas também com estrutura e segurança. A Região Norte da cidade, por exemplo, está passando por um movimento de expansão de oferta de sobrados em condomínios”, explica Luciano Tomazini, vice-presidente de comercialização imobiliária do Secovi-PR.

Fonte: Banda B

Tags:   Economia
Comunicar erro
Capa 2 Couminca Am horizontal FULL
Banner 02 Pet DB

Comentários

Capa 3 Couminca Am horizontal FULL
Banner 02 Good PAX
CEP 4
ATTOS 4