Linameg 01
CAPA CRHYSTI MASTER FULL 01
PET DB CAPA FULL 01
LINAMEG COMPLETA

Debate on-line sobre desafios para conciliar setor primário e conservação ambiental marca 3º dia da 'Semana Verde'

Programação on-line segue até a sexta-feira (05/06), com webinars ambientais transmitidos pelo YouTube e Facebook.

Por Comunica AM em 04/06/2020 às 01:15:13

Setor Primário e meio ambiente: oportunidades ou entraves?. Esta foi a pauta do terceiro dia da "Semana Verde On-line", promovida pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), nesta quarta-feira (03/06). O web debate integra a programação da Semana do Meio Ambiente, que finaliza nesta sexta-feira (05/06), com um webinar sobre as perspectivas para o desenvolvimento sustentável no Amazonas

A discussão foi conduzida pelo secretário da Sema Amazonas, Eduardo Taveira, e contou com os apontamentos e contribuições do secretário de Estado de Produção Rural, Petrucio Magalhães; do Diretor de Novos Negócios do Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (Idesam), Mariano Cenamo; e do presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (Faea), Muni Lourenço.

A preocupação sobre o impacto do trabalho rural na perda da floresta, a flexibilização da legislação ambiental para impulsionar a economia, além dos esforços para aliar conservação ambiental e geração de renda foram alguns dos temas colocados em debate. Apesar do assunto causar certa polaridade na opinião pública, os participantes concordaram que é possível conciliar a produção agropecuária e extrativista com uma agenda pautada na conservação ambiental.

Segundo o secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira, o apoio às atividades produtivas sustentáveis é um dos caminhos para a redução do desmatamento nos grandes estabelecimentos rurais e um importante aliado na valorização dos produtos da floresta.

"A agenda ambiental do Amazonas caminha lado a lado com a produção rural do estado. Sabemos que as oportunidades de negócios surgem a partir de estratégias conjuntas para uma economia rural sustentável, que concilie a geração de trabalho e renda para a população com a conservação da biodiversidade. Saio deste debate muito otimista, pois identificamos muitos pontos convergentes entre os setores participantes. Foi uma conversa franca, onde reconhecemos os problemas e buscamos soluções. Essa é a mensagem que fica", destacou Taveira.

O debate foi dividido em duas rodadas. No primeiro momento, os participantes discutiram sobre a modernização da legislação ambiental para agilizar o processo de licenciamento ambiental para os produtores rurais. A segunda rodada foi voltada para responder perguntas do público que acompanhou a transmissão via Facebook.

Superpotência florestal - Durante o debate, o titular da Sepror, Petrucio Magalhães, destacou que um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável é a erradicação da pobreza que, por sua vez, passa pela produção de alimentos. "É perfeitamente conciliável o meio ambiente com a produção rural. Acho que o Brasil tem uma vocação natural para a produção de alimentos e tem dado exemplo dessa conciliação. A gente sabe da responsabilidade de preservar os ativos da floresta, mas é imperioso que a gente também busque a produção de alimentos", frisou.

Para o diretor do Idesam, Mariano Cenamo, o uso sustentável do meio ambiente é o caminho para promover o desenvolvimento econômico na Amazônia, em especial no Amazonas.

"A conservação ambiental não pode ser vista como entrave, pois é, na verdade, a solução. O Brasil está longe de ser uma superpotência em tecnologia, como a Califórnia, Índia e Coreia do Sul, mas temos um bom perfil industrial e nos destacamos no setor primário. Agora, olhando para a Amazônia, somos uma superpotência florestal e temos que focar nossa produção nisso", disse Cenamo.

O representante da Faea, Muni Lourenço, defendeu o investimento em pesquisa, ciência e tecnologia para a geração de emprego e renda nos municípios do interior do estado, por meio das atividades produtivas.

"O conceito de sustentabilidade pressupõe para nós, produtores rurais, equilíbrio no prisma social, ambiental e econômico. O nosso país é um grande exemplo de produção agropecuária conciliada com conservação ambiental, os números mostram isso quando temos 66% da cobertura vegetal original do país preservada e ainda assim, somos um dos gigantes na produção de alimentos e de ativos ambientais", explicou Muni.

Semana Verde On-line - A programação da Semana Verde, da Sema, segue nesta quinta-feira (04/06), com o webinar "Estados da Amazônia contra o desmatamento ilegal e outros ilícitos ambientais: ações no contexto da Covid-19". O encontro contará com a participação dos secretários de Meio Ambiente do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O debate on-line começa às 17h (horário de Brasília) e 16h (horário de Manaus), com transmissão ao vivo pelo Youtube da Sema Mato Grosso.

No Dia Mundial do Meio Ambiente, na sexta-feira (05/06), a discussão será sobre as perspectivas para o desenvolvimento sustentável no Amazonas, com o webinar "Como a economia da floresta pode salvar a Amazônia: ideias e exemplos", a partir das 15h, pelo Facebook da Sema Amazonas.

O webinar contará com a mediação do secretário Eduardo Taveira e tem como convidados o professor titular da Faculdade de Ciências Agrárias e do Centro de Ciências do Ambiente, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Henrique Pereira; o diretor técnico do Idesam, Carlos Koury e o superintendente da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Virgílio Viana.


Foto: Divulgação/Sema

Fonte: Sema

Capa 2 Couminca Am horizontal FULL
Banner 02 Pet DB

Comentários

Capa 3 Couminca Am horizontal FULL